Comportamento dos bancos sob Basileia III: um modelo baseado no agente

thumb-membro

Luís Faria

Investigador e Presidente do Contraditório
"A utilização do VaR provoca o aumento da volatilidade nos mercados"

Publicado a 6 Junho 2012 em Economia e Finanças

Resumo

Implementamos um modelo financeiro baseado no agente. Neste modelo os bancos detêm dois tipos de activos: com risco e sem risco, e definem a estatégia de gestão do seu portfolio. Este facto requer a gestão da exposição ao risco o que permite simular o impacto da proposta de regulação financeira contida em Basileia III. 

Primeiro, validamos o modelo contra os factos estilizados das séries financeiras empíricas. Depois investigamos as implicações das propostas de regulação financeira de Basileia III sobre o risco sistémico, em particular a proposta dos rácios mínimos de capital utilizando o VaR. Desta implementação conclui-se que o VaR como método de análise dos rácios mínimos de capital aumenta a volatilidade dos mercados.

 

A versão integral deste estudo está disponível apenas em inglês.

Participe na discussão

O Contraditório confere a todos os utilizadores o direito de acederem, rectificarem e eliminarem os respectivos dados pessoais. Os dados recolhidos destinam-se apenas à identificação do autor da mensagem.


Código de validação